REGIÃO –

REGIÃO – -

Câmara de Guimarães anuncia construção de “grande” parque industrial no sul do concelho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Domingos Bragança anunciou a construção de um novo parque industrial na zona sul do concelho. O presidente da Câmara vimaranense quer também a ampliação de todos os parques industriais e já deu indicações aos técnicos da autarquia para que a revisão do Plano Director Municipal (PDM) tenha em conta as ampliações.

Em declarações prestadas aos jornalistas, no final da reunião do executivo realizada esta segunda-feira, Domingos Bragança adiantou que a autarquia “já recebeu os contributos da discussão pública”.

PUBLICIDADE

“As equipas técnicas estão a trabalhar conjuntamente com as diversas entidades que tutelam o PDM. A orientação que estou a dar à equipa técnica da Câmara é no sentido de que todos os parques industriais existentes no concelho, todos, têm de ser ampliados”, afirmou, citado pelo Guimarães Digital, advertindo que “esta revisão destina-se a fazer ajustamentos de um conjunto de legislação que foi surgindo e que teve de ser adequada ao PDM existente”.

“Já que fazemos este processo de revisão, eu quero a ampliação dos parques industriais esteja assegurada e quero que seja trabalhado o modelo que garanta o novo parque industrial na zona Sul do concelho”, adiantou, realçando igualmente a importância de acautelar “toda a área envolvente à variante que vai de Brito a Pevidém – salvaguardando o que tem de ser salvaguardado – porque é uma área bem servida de vias, próxima da auto-estrada e poderá ter uma prioridade na instalação industrial”.

Domingos Bragança mencionou o contrato de urbanização industrial previsto para Silvares “com a cooperação de todos os proprietários e intervenção da Câmara”, considerando que “poderá ser um bom modelo para trabalhar estas ampliações, nomeadamente o grande parque na zona Sul do concelho, de modo a corresponder às solicitações que possam ser feitas, nas diligências que estamos a fazer para a instalação industrial que pretendemos que seja cada vez mais robusta”.

“Guimarães tem uma grande atractividade excepcional, nomeadamente por ter um conjunto de centros de competência na produção de conhecimentos científico da Universidade do Minho, da Universidade das Nações Unidas e do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave”, assinalou o autarca, mostrando-se empenhado na captação de novas empresas para o território para concretizar “a transferência de saber” e “caminhar para a diversificação industrial”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.