BRAGA

BRAGA -

Caso positivo de funcionária adia reabertura de creche da Cruz Vermelha em Braga

A reabertura da creche da delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, que estava prevista para esta segunda-feira, foi adiada por uma funcionária ter testado positivo para a covid-19, disse um responsável daquela instituição à Lusa.

Segundo David Rodrigues, a reabertura está agora agendada para 1 de Junho. “Uma funcionária acusou positivo e decidimos colocar todos os restantes em isolamento profiláctico, adiando a reabertura da creche”, referiu esta segunda-feira.

Acrescentou que, antes da reabertura, todos os funcionários serão de novo testados para que o regresso à actividade seja feito “com toda a segurança”.

“O objectivo é evitar ao máximo todo e qualquer foco de contágio”, sublinhou.

 De acordo com David Rodrigues, a creche acolhe cerca de 80 crianças, mas esta segunda-feira só regressaria “um número muito residual”. “Não chegariam à meia dúzia”, disse.

Portugal entrou no dia 3 de Maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de Março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância activa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

Partilhe este artigo no Facebook
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE