AUTÁRQUICAS

AUTÁRQUICAS -

Cláudia Pereira (CDS-PP): «Futuro melhor para Vila Verde depende do empenho de todos»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Depois de um mandato na Assembleia Municipal, a líder da Concelhia do CDS-PP, Cláudia Pereira, é a aposta do partido na candidatura à Câmara Municipal. Assegura tratar-se de «uma alternativa credível e idónea», «sem vícios políticos» e «com as condições essenciais e as competências fundamentais, como a transparência, rigor e honestidade, para o cargo» de presidente da autarquia.

Em síntese, de forma resumida, quais são as principais prioridades da candidatura?
As principais prioridades desta candidatura são: requalificação urbana e rural; a revitalização do associativismo; o apoio à infância e à terceira idade; políticas sociais; o desenvolvimento da agricultura biológica; fomentar o ecoturismo; criar condições para o turismo religioso; investir na publicitação da gastronomia por forma a desenvolver um turismo e/ou roteiro gastronómico; criar infra-estruturas para prática de uma maior variedade de desportos, tirando partido da excelsa paisagem que nos envolve; cobertura integral de saneamento; e criar condições para um Concelho mais verde, entre outros. Pretendemos que todos os vilaverdenses tenham orgulho na sua terra e que possam usufruir e ter mais e melhor qualidade de vida.

PUBLICIDADE

O que é mesmo imprescindível fazer em Vila Verde no próximo mandato?
Para nós, CDS-PP, será imprescindível a cobertura total de saneamento básico, pois consideremos inaceitável que em pleno século XXI ainda não esteja executado. É uma questão de saúde pública. Outro ponto será a gestão de resíduos sólidos, acabar com as lixeiras “a céu aberto”, tornar o Concelho ainda mais verde e ecológico, criando campanhas de sensibilização e até formação. Devemos ter sítios de compostagem em cada Freguesia para poderem ser utilizados pelos nossos agricultores.

Se for eleita, qual será a primeira medida a tomar?
Se for eleita, a minha prioridade será algo muito simples, mas fundamental e de grande importância, no meu ponto de vista. Pretendo falar com todos os colaboradores, passando a mensagem que todos são importantes no sucesso da implementação de um projecto. Só com a colaboração e o empenho de todos podemos construir um futuro melhor para o Concelho de Vila Verde.

Provavelmente terei, antes de tudo, de me inteirar e fazer o ponto da situação por forma a traçar um plano de actuação coerente e condizente com o trabalho a concretizar. Seria fácil apontar uma medida populista e eleitoralista, pois Vila Verde precisa de uma intervenção rápida em vários sectores essenciais, mas pode até ser considerada uma medida utópica, que não seja possível concretizá-la no imediato. Sou uma pessoa que gosta de cumprir o que promete.

Por que devem os vilaverdenses votar em si?
Considero-me uma alternativa credível e idónea. Apesar de ser partidária, não vivo da política, não tenho “vícios instalados”, possuo as condições essenciais e as competências fundamentais, como a transparência, rigor e honestidade, para o cargo a que me candidato. Pretendo fazer um verdadeiro e verosímil serviço público. Pretendo implementar o nosso programa autárquico, pois considero que vai proporcionar e revolucionar o nosso Concelho. Pretendemos retirar Vila Verde do marasmo e sermos uma “alavanca” na melhoria da qualidade de vida das suas populações, acabando com as assimetrias existentes.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS