VILA VERDE

VILA VERDE -

Escolas de Vila Verde voltam a integrar o programa “No Poupar Está O Ganho” da CIM-Cávado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O programa “No Poupar Está o Ganho” vai novamente ser implementado nas escolas do concelho de Vila Verde, durante o ano lectivo 2021-2022. Esta é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Cávado, numa parceria com a Fundação Dr. António Cupertino de Miranda. No concelho de Vila Verde vão integrar este programa sete turmas, envolvendo 112 alunos, com o objectivo de «promover a literacia financeira em temas como a poupança, o consumo responsável, a gestão e importância do dinheiro».

ESCOLAS DO CONCELHO

O Agrupamento de Escolas de Prado participa no programa com a Escola Básica nº 1 de Prado, com duas turmas, a turma do 3º ano, nº 6, com um total de 19 alunos e a turma do 3º ano, nº 7, com 22 alunos. A primeira será orientada pela professora Rosa Faria e a segunda pela professora Ana Raquel Macedo.

PUBLICIDADE

O Agrupamento de Escolas de Vila Verde participa no programa com três turmas: a Escola Básica nº 2 de Vila Verde, com a turma 37, do 4º ano, composta por 18 alunos, com a orientação da professora Fátima Mendes, e a Escola Básica de Gême, que concorre com duas turmas, nomeadamente a turma 9, do 4º ano, com 6 alunos, sob a orientação da professora Conceição Fernandes e a turma do 3º ano, com 2 alunos, sendo o professor João Capa o coordenador.

O Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva tem a participar ao programa duas escolas, a Escola Básica da Lage, com uma turma do 3º ano, composta por 24 alunos e orientada pelo professor António Joaquim Araújo de Oliveira e a Escola Básica da Ribeira do Neiva, que concorre com a turma CR-C, do 3º ano, composta por 21 alunos, cuja orientação está a cargo da professora Teresa de Jesus Duarte Rodrigues.

PROGRAMA “NO POUPAR ESTÁ O GANHO”

«Reconhecendo a importância da educação financeira em idade escolar e o entusiasmo que professores e alunos demonstraram pela participação no último ano», o Município de Vila Verde voltou a associar-se à Comunidade Intermunicipal do Cávado e os seus Municípios para integrar a 12ª edição do programa “No Poupar Está o Ganho”.

Este projecto decorre «ao longo de todo o ano lectivo, com um vasto conjunto de actividades que pretendem capacitar crianças e jovens para assumirem comportamentos financeiros responsáveis agora e no futuro. Formando consumidores mais informados e conscientes, o programa gera um impacto positivo que irá manifestar-se ao longo da vida dos participantes e multiplicar-se junto das suas famílias».

O “No Poupar Está o Ganho” vai «fornecer todos os recursos necessários para ser implementado junto de 59 turmas dos municípios de Comunidade Intermunicipal do Cávado».

O programa inclui a formação acreditada dos docentes, o acesso a uma plataforma educativa com materiais didáticos, planos de aula, vídeos, exercícios, jogos e desafios para os alunos, e ainda uma visita online ao Museu do Papel Moeda, da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda.

Em 11 anos, o “No Poupar Está o Ganho” já chegou a «40 mil crianças, de 1940 turmas e 40 municípios». Uma das avaliações feitas ao projecto indica que «mais de 60% dos alunos que participaram melhoraram as suas competências de literacia financeira e mais de 20% melhoraram a nota a matemática, como recorda o estudo recente “O Impacto Social das Fundações Portuguesas”, desenvolvido pela Católica Porto Business School e divulgado pelo Centro Português de Fundações». O programa vai ainda ao encontro dos objectivos e temas definidos no Referencial de Educação Financeira, promovido pelo Plano Nacional de Formação Financeira e pelo Ministério da Educação e Ciência.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS