REGIÃO

REGIÃO -

Esposende avança com criação do Fórum para a Promoção da Longevidade

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Esposende avança com um Fórum para a Promoção da Longevidade. A proposta, apresentada no plenário do Conselho Local de Acção Social de Esposende, foi aprovada em reunião de executivo, por unanimidade.

Enquadrado no âmbito da candidatura Projecto Cultura Para Todos em Esposende, este fórum visa a definição da Estratégia Local para a Promoção da Longevidade do concelho.

PUBLICIDADE

“Pretende-se, deste modo, contribuir para a concepção, promoção e avaliação das políticas públicas para a longevidade, numa óptica de desenvolvimento de um ecossistema económico e social sustentável, bem como assegurar a implementação de medidas destinadas a garantir a protecção na fragilidade relacionada com o envelhecimento”, refere a proposta.

O fórum integra “uma composição plural e diversificada”, com vista “a reunir e a conjugar os conhecimentos e os meios dos serviços, organismos e entidades, públicas ou privadas, no sentido garantir a plena integração cívica e social das pessoas mais velhas”.

Na operacionalização desta medida é constituído o Conselho Consultivo para a Governação Integrada das Políticas de Longevidade, órgão de natureza consultiva que garante a gestão e a operacionalização das competências do Fórum para a Promoção da Longevidade.

Este conselho é” constituído por pessoas da comunidade e agentes chave que, pela natureza dos serviços prestados à comunidade, assumem um papel de relevo ao longo de todo o processo de envelhecimento”.

Assim, integração o Conselho Consultivo representantes de diversas entidades, nomeadamente da ACES Cávado III – Barcelos/Esposende, da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE), da Associação Cultural Recreativa Amiga dos Idosos de Esposende (ACRAIE), da empresa municipal Esposende 2000, GNR, do Ministério Público, de instituições particulares de solidariedade social com respostas dirigidas às pessoas mais velhas, do Instituto da Segurança Social, I.P., das juntas de freguesia, da Universidade Autodidata de Esposende, da Universidade Sénior de Esposende, do município, bem como pessoas da comunidade.

Após a criação do Fórum e constituído o Conselho Consultivo, cabe a este a elaboração de uma proposta de regulamento, com base participativa, “e traduzida num maior e verdadeiro envolvimento de todos os seus intervenientes, em que será submetida à apreciação da Câmara Municipal”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.