EDIÇÃO IMPRESSA

EDIÇÃO IMPRESSA -

“Estivemos nas mãos da morte na Guerra Colonial, agora estamos na mão da Covid-19” 

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Presidente da Associação Portuguesa dos Veteranos de Guerra (APVG), com sede em Braga, garante que a situação de pandemia da Covid-19 agravou «significativamente» a situação dos ex-combatentes que sofrem da Perturbação de Stress Pós-Traumático (PSPT) provocada pela Guerra Colonial. Com o confinamento, muitos milhares destes ex-militares viram a sua perturbação mental a perturbar as já frágeis relações familiares, diz Augusto Freitas, que assume também a direcção clínica na sede associativa. Calcula-se que cerca de 100 mil veteranos da Guerra Colonial sejam portadores de PSTP.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Novembro de 2020, nas bancas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS