BRAGA

BRAGA -

Feirantes do mercado protestam junto à Câmara de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um grupo de cerca de 50 feirantes que operavam no exterior do mercado municipal protestaram, na manhã desta quinta-feira, em frente à Câmara Municipal de Braga, em desagrado com o facto de lhe ter sido indicada a alameda do Estádio Municipal como local de trabalho enquanto a obra de requalificação do mercado não estiver terminada, o que se prevê aconteça a 30 de Outubro.

Com cartazes contra a decisão da autarquia, que – dizem – lhes tira os clientes, o grupo tentou ser recebido pelo presidente da Câmara, Ricardo Rio, mas este estava “ocupado” já que nenhuma reunião lhe havia sido pedida para o dia de hoje pelos feirantes.

PUBLICIDADE

A meio da manhã, foi dito ao grupo de feirantes que iriam ser recebidos num departamento camarário no Pópulo, durante a tarde.

Recorde-se que, na última reunião do executivo, os dois partidos da oposição, PS e CDU, levantaram o problema dos feirantes que trabalhavam no exterior do mercado, local que tiveram de abandonar devido às obras e a razões sanitárias, e que não aceitam o local que lhes foi oferecido, como alternativa pela autarquia, por temerem não ter clientela.

Artur Feio e Carlos Almeida lamentaram a “falta de diálogo” entre as partes, tendo o socialista dito que os feirantes estariam dispostos a ocupar, provisoriamente, alguns espaços exteriores ao mercado.

O presidente da Câmara, Ricardo Rio, contrapôs que os feirantes não querem ir para o Estádio por temerem que essa decisão se torne definitiva e não voltem ao local de partida, o mercado.

O autarca garantiu que terão o seu espaço quando o mercado reabrir, mas vincou que a continuação nas ruas está fora de questão.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS