JUSTIÇA

JUSTIÇA -

GNR identifica septuagenário pelo crime de incêndio florestal

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um homem de 74 anos foi identificado pela GNR por suspeita de crime de incêndio florestal, em Veade, Celorico de Basto, anunciou o Comando Distrital de Braga da GNR.

Em comunicado, a Guarda explica que no decorrer de uma acção policial, que tinha como objectivo o reforço do plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios, foi avistada uma coluna de fumo na União de Freguesias de Veade, Gagos e Molares.

PUBLICIDADE

«De imediato foram encetadas diligências para perceber o que originou o incêndio, sendo que um militar da GNR que se encontrava de licença de férias detectou um homem junto ao local onde foi avistada a coluna de fumo», acrescenta.

O suspeito foi intercetado junto do incêndio e no momento da abordagem «foi possível verificar que tinha na sua posse velas, sacos, uma serra de mão e um cutelo, tudo material que poderia causar uma ignição naquele local».

Os factos foram comunicados à Policia Judiciária (PJ) de Braga, que se deslocou ao local para realizar as diligências necessárias.

O suspeito foi constituído arguido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Celorico de Basto.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS