SEGURANÇA –

SEGURANÇA – -

GNR resgata 39 migrantes no mar Egeu

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Militares da GNR da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) destacados na ilha de Samos, na Grécia, resgataram 39 migrantes, dos quais 16 eram crianças, na madrugada desta quarta-feira, junto de Agathonisi, uma pequena ilha próxima de Samos, no âmbito de uma missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX).

Os militares, que se encontravam em patrulhamento marítimo, “receberam um alerta para uma situação de busca e salvamento, tendo sido indicada uma localização muito próxima de Agathonisi”, afirma a Guarda num comunicado enviado às redacções, onde também é avançado que a embarcação era de borracha, tinha cerca de oito metros, e nela seguiam 16 crianças (dois bebés de colo), oito mulheres e 15 homens.

PUBLICIDADE

A prioridade foi dada aos menores, no início do resgate, sendo que foi prestado de imediato apoio ao nível da distribuição de águas e produtos alimentares na medida em que os migrantes “apresentavam sinais visíveis de desidratação”.

No final da acção, os migrantes foram transportados para o Porto de Agathonisi e entregues às autoridades gregas.

Sublinhe-se que a FRONTEX desenvolve acções em fronteiras terrestres e marítimas de países como a Itália, a Lituânia ou a Macedónia, tendo como objectivos primordiais a vigilância marítima, a vigilância terrestre, o apoio ao controlo das fronteiras através de recursos como binómios cinotécnicos e veículos todo-o-terreno e a investigação criminal com recolha de impressões digitais e registo de migrantes.

Este ano, a GNR já realizou 577 patrulhas correspondentes a mais de 4 mil horas de trabalho que resultaram na detecção de 197 embarcações e auxílio a cerca de 1600 migrantes.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS