LEGISLATIVAS – José Manuel Fernandes salienta que lista do PSD só tem gente de Braga sem «pára-quedistas»

LEGISLATIVAS –
José Manuel Fernandes salienta que lista do PSD só tem gente de Braga sem «pára-quedistas»

O presidente da Comissão Política Distrital de Braga do PSD, o eurodeputado José Manuel Fernandes salientou este domingo, em Braga. que a lista do PSD às eleições legislativas de Outubro, é a única que apenas tem cidadãos do distrito.

“Os cidadãos valorizam a proximidade e estão sempre, e bem, a criticar os pára-quedistas que aparecem nas listas vindos de Lisboa e do Porto. Pois aqui têm um elenco de gente competente e com experiência,  que é de Braga e aqui vive e trabalha e que vai representá-la condignamente na Assembleia da República”, frisou.

PUBLICIDADE

Fernandes falava a “O Vilaverdense/PressMinho” na apresentação do mandatário distrital da lista do PSD no círculo eleitoral de Braga, o autarca de Braga, Ricardo Rio, que foi escolhido para a função por André Coelho Lima.

O acto ocorreu numa sessão realizada no Jardim de Santa Bárbara, no centro da cidade, com a participação dos restantes membros da lista, entre os quais Firmino Marques, actual vice-presidente do Município bracarense.

No uso da palavra, Ricardo Rio disse que “a região de Braga tem dado muito ao país, mas, infelizmente, mas não tem recebido do país tanto como tem dado nos últimos anos”.

“Acho importante que os candidatos social-democratas tenham a solidariedade plena das instituições e das próprias autarquias locais, independentemente da sua filiação partidária, na defesa de projectos e de investimentos que, infelizmente, não têm sido realizados, quanto seria desejável, neste distrito”, afirmou.

Na ocasião, o presidente bracarens  anotou que, entre ele próprio e André Coelho Lima, além de empatia pessoal e geracional, têm em comum, “como que uma simbologia colaborativa”.

“Mais do que promover rivalidades, as cidades de Braga e de Guimarães têm tido cada vez mais colaboração, e o mesmo sucede com outras cidades e com as duas CIM (Comunidades Intermunicipais) do Ave e do Cávado”, vincou.

Dizendo que se revê “muito nas prioridades apresentadas pela lista do PSD em defesa da região e na postura perante os cidadãos e o eleitorado de valorização da proximidade e do contacto”, o autarca lembrou que o acto de apresentação ocorreu  ao lado da Reitoria da Universidade do Minho, “que tem sido um factor de agregação e de dinamismo na região”.

“Sou líder de uma Câmara com uma coligação suprapartidária e que tem apoio de muitos cidadãos sem filiação partidária, mas eu sou social-democrata e como tal manifesto aqui a minha confiança no André Coelho Lima e nos restantes candidatos, com a garantia de estarei sempre ao lado deles”, sublinhou.

PSD NA RUA

Já o cabeça de lista afirmou que “o PSD está nestas Legislativas na rua, em contacto com as pessoas, de forma simples e descomprometida, apresentando o seu programa e os seus projectos”.

Elogiando o trabalho feito por Ricardo Rio na afirmação da cidade e da região, Coelho Lima lembrou a cooperação mantida com Guimarães.

“Há uma série de dossiers e projectos conjuntos, como o caso recente do processo de classificação dos sacro-montes”, sublinhou, acrescentando que o labor de afirmação feito na Câmara de Braga e noutros Municípios desta região geridos por companheiros social-democratas beneficia todos os cidadãos do distrito que saem a ganhar.

“O trabalho do Ricardo é bem o símbolo da proximidade e da afirmação deste território e região que, junta e unida, vale muito mais do que separada”, elogiou.