UMINHO -

UMINHO - -

Mais de mil propostas de trabalho na 10ª “StartPoint”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A 10ª StartPoint@UM – Feira de Emprego e Empreendedorismo da Universidade do Minho começa esta terça-feira, no Complexo Pedagógico II do campus de Gualtar, em Braga.

O programa prevê cerca de 70 empresas presentes, mais de 1000 propostas de emprego, estágios e bolsas de investigação, além de 14 sessões paralelas (talks, formações,workshops) e apoio técnico personalizado. A entrada é livre.

PUBLICIDADE

A organização do evento, que se prolonga até 15 de Novembro, quinta-feira, cabe à Associação Académica da UMinho(AAUM), através do GIP – Gabinete de Inserção Profissional e do Liftoff – Gabinete do Empreendedor, tendo o apoio da UMinho e o co-financiamento do Programa Operacional Regional do Norte, do Portugal 2020 e doFundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A Reitoria adiantou que o primeiro dia vai ser exclusivamente dedicado à formação, com workshops como “Conseguir emprego em 30 dias” e “Ideias ridículas transformadas em negócios”, destinados a preparar os  interessados para o contacto com as empresas nos dois dias seguintes.

A sessão de abertura oficial da “StartPoint@UM” decorre na quarta-feira, às 9h30, no auditório B1, com as intervenções previstas do reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, do presidente do Município de Braga, Ricardo Rio, da directora do Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga, Isabel Oliveira, e do presidente da AAUM,Nuno  Reis.

MERCADO DE TRABALHO

O evento  – diz a UMinho – pretende estabelecer o contacto direto entre os jovens adultos e o mercado de trabalho através da divulgação de oportunidades, do desenvolvimento de competências e do networking.

O público-alvo é a comunidade académica (alunos, ex-alunos, investigadores, docentes, funcionários), bem como os desempregados e empreendedores com qualificações de nível superior da região. Os  participantes vão poder realizar candidaturas instantâneas numa plataforma tecnológica, através do “upload” do seu currículo e outros  documentos.

A iniciativa permite ainda às entidades partilharem os seus projectos e experiências com a comunidade académica, expandirem a rede de contactos e divulgarem ofertas de emprego e medidas de estímulo ao  empreendedorismo junto dos alunos e alumni da UMinho.

O número de propostas de trabalho e de empresas inscritas tem vindo a crescer a cada edição.

FOTO: Nuno Gonçalves

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS