PAÍS

PAÍS -

Marcelo Rebelo de Sousa apela a um «último esforço»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou esta noite ao País na sequência da aprovação no Parlamento da renovação do Estado de Emergência, até ao próximo dia 30 de Abril. Durante a sua intervenção, a partir do Palácio de Belém, o Presidente sublinhou que «estamos a entrar na ponta final», apelando a «um último esforço» para ser «impossível voltar atrás». Apontou, ainda, que 2021 terá de ser «o início da reconstrução».

«O CAMINHO AINDA VAI SER MUITO TRABALHOSO»

Marcelo Rebelo de Sousa notou ao longo da intervenção que «agora que o desconfinamnto deve seguir, de forma gradual e sensata, importa lembrar o óbvio: os portugueses respondem sempre; quando a economia sofre, encontram caminhos notáveis de sobrevivência, adaptação; quando os problemas de vacinas parecem para alguns intransponíveis os mais vulneráveis estão já protegidos».

PUBLICIDADE

«O caminho ainda vai ser muito trabalhoso. Na pandemia, mas também na prudência exigida por todo o território, nos números da economia – embora alguns não tenham parado. Mas mais complicado é a situação das pessoas. É fundamental ter a noção que cansa muito. Os mais velhos, agora que vacinados, já podem receber visitas. As desorientações dos estudantes. Se a economia demorará a recuperar, a sociedade demorará muito mais», acrescentou.

O Chefe de Estado assumiu ainda o desejo para esta seja a «última renovação» do Estado de Emergência.

ESTADO DE EMERGÊNCIA RENOVADO ATÉ FIM DE ABRIL

O Parlamento aprovou, esta quarta-feira, a renovação do Estado de Emergência até ao próximo dia 30 de Abril, nos termos do decreto presidencial remetido por Marcelo Rebelo de Sousa.

A proposta foi aprovada por larga maioria, com os votos a favor de PS, PSD, CDS-PP, PAN e da deputada Cristina Rodrigues. O BE absteve-se. PCP, PEV, Chega, Iniciativa Liberal e a deputada Joacine Katar Moreira votaram contra.

O novo período de estado de emergência iniciará às 00h do dia 16 de Abril e será em tudo idêntico ao que vigora actualmente.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS