BRAGA - NOVO BANCO cede pintura do séc. XVIII ao Museu dos Biscainhos

BRAGA -
NOVO BANCO cede pintura do séc. XVIII ao Museu dos Biscainhos

O NOVO BANCO cedeu ao Museu dos Biscainhos, em Braga, a obra ‘Celebração da união de Veneza e do mar no dia da Ascensão’, do pintor inglês do século XVIII William James.

Assinatura do protocolo de cedência para exposição permanente realiza-se esta quinta-feira, em sessão que conta com as presenças da secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Correia, do director regional da Cultura do Norte e do administrador da instituição bancária, António Ramalho.

Também o Museu de Lamego recebe, igualmente para exposição permanente, a obra ‘Vista de Spoleto’, do pintor francês Joseph Vernet, também do século XVIII.

PUBLICIDADE

“Estes dois protocolos vêm reforçar para seis cidades a presença do projecto NOVO BANCO Cultura no Norte do país, onde já foram cedidas, para exposição permanente, obras da colecção de pintura aos Museus de Guimarães, Chaves, Viseu e Guarda”, afirma a instituição em nota enviada.

Atribuída a William James (1730-1780), ‘Celebração da união de Veneza e do mar no dia da Ascensão”, (ca. 1755-1760), óleo sobre tela (95 x 153 cm), retoma uma composição de Canaletto, de quem terá sido aluno. Inicia-se nos temas venezianos, trabalhando a partir de desenhos e pinturas, sem nunca se ter deslocado a Veneza. A pintura representa uma das mais importantes festas de Veneza, a celebração simbólica da união de Veneza com o mar, no dia da Ascensão.