REGIÃO

REGIÃO -

Os Verdes exigem medidas que assegurem postos de trabalho na Coelima

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A deputada Mariana Silva, do Grupo Parlamentar Os Verdes, questionou o Governo sobre o pedido de insolvência apresentado por uma empresa têxtil de Guimarães, a Coelima, alegando que os impactos da pandemia Covid-19 se traduziram em quebras de venda superiores a 60% e na insustentabilidade da tesouraria.

Na pergunta, dirigida ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e ao Ministério de Estado da Economia e da Transição Digital, a deputada questiona se o Governo tem conhecimento da situação e que medidas tomou ou vai tomar por forma a assegurar a continuidade dos 250 postos de trabalho.

PUBLICIDADE

«Tem o Governo em vista algum plano de recuperação para a empresa com vista a salvaguardar a continuidade desta unidade industrial, quase centenária, com grande relevância económica e social para a região? Está previsto algum apoio específico que permita evitar o seu encerramento?», questiona.

No documento, Os Verdes manifestam a sua «preocupação com a ameaça que pende sobre a continuidade de uma empresa praticamente centenária», que classificam como «uma referência na indústria têxtil e um importante empregador da região que resistiu às inúmeras pressões sobre o sector ao longo das últimas décadas».

Para o partido, as medidas de apoio às empresas têm sido, comprovadamente, insuficientes para responder às dificuldades que estas atravessam, particularmente no que se refere à garantia da manutenção de postos de trabalho.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS