REGIÃO

REGIÃO -

PAN sugere à Câmara Municipal de Famalicão o hastear da bandeira LGBTQIAP+

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Comissão Política Concelhia do Partido Animais e Natureza (PAN) de Famalicão enviou uma recomendação ao executivo para que, no próximo dia 10 de Setembro, seja hasteada a bandeira LGBTQIAP+.

Este pedido surge dado que irá ocorrer a 1.ª Marcha LGBTQIAP+ nesse mesmo dia e porque o PAN considera que os «direitos humanos conquistados nas últimas décadas estão cada vez mais em risco».

«Face aos retrocessos civilizacionais a que temos assistido ao nível internacional, é da maior importância reafirmar conquistas, continuar o caminho do progresso e garantir que não é dado nem um passo atrás», refere o partido, em nota enviada.

PUBLICIDADE

O PAN aponta que, em Portugal, municípios como Lisboa, Coimbra, Matosinhos, Loures, Odivelas, Cabeceiras de Basto, Ponta Delgada, São Miguel e Funchal já demonstraram «um sinal de solidariedade com esta comunidade», considerando que a mesma é «ainda discriminada culturalmente».

«Estamos a menos de 8 anos do fim da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, na qual se pretende erradicar todas as formas de discriminação e garantir os direitos humanos», refere Sandra Pimenta, porta voz da concelhia.

Para além disso, Sandra Pimenta acrescentou que o partido considera «essencial que este executivo se mostre disponível para lutar contra todas as formas de discriminação e que acompanhe as preocupações da comunidade LGBTQIAP+».

Por fim, o partido lembra que fazia parte do seu programa autárquico medidas como a adesão do município à Rede de Cidades Arco-Íris, assumindo a sua responsabilidade no combate à discriminação da comunidade LGBTI.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.