EDIÇÃO IMPRESSA - Pradense Miguel Lopes é visto como um dos mais promissores chefs de pastelaria da Europa

EDIÇÃO IMPRESSA -
Pradense Miguel Lopes é visto como um dos mais promissores chefs de pastelaria da Europa

O início foi feito à descoberta, naquele espírito curioso que (quase) todas as crianças têm. Ia com a mãe para as pastelarias e gostava de ver os pasteleiros a trabalhar. Saltava para o lado de lá do balcão, perguntava, observava e gostava de aprender. Mais tarde, trabalhou nalguns estabelecimentos, nas férias de Verão, para ganhar algum dinheiro. E o gosto lá foi crescendo, ao mesmo tempo que aprendia sozinho e através daquilo que via os outros fazer.

Mais desenvolvimentos na edição impressa deste mês

PUBLICIDADE