REGIÃO

REGIÃO -

Procura de casa de férias cresce 615% no distrito de Viana do Castelo

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O distrito de Viana do Castelo registou um aumento de procura de casas de férias nos primeiros cinco meses do ano (até ao dia 22 de Maio) de 615% em comparação com o mesmo período de 2019. Os concelhos mais procurados são, por esta ordem, Arcos de Valdevez, Viana do Castelo e Caminha. Já os preços subiram 13%, sendo a região do país onde a subida foi maior.

Os números constam de um estudo da plataforma OXL, que conclui que na comparando os dois períodos o aumento é “avassalador” mesmo considerando que desde o arranque do desconfinamento, a procura recuou 48%.

PUBLICIDADE

O distrito de Viana do Castelo surge em 7.º lugar no ranking nacional, com os concelhos de Arcos de Valdevez, Viana do Castelo e Caminha a serem os preferidos.

O Top 3 é liderado pelos distritos de Faro (Vila Real de Santo António, Portimão e Albufeira), com uma variação de positiva de 278%, de Setúbal (Sesimbra, Almada (Costa da Caparica) e Grândola), que apresenta uma variação de 238%, e de Braga (568%), com a preferência a ir, por esta ordem, para os concelhos de Vieira do Minho, Terras de Bouro e Esposende

O maior destaque nesta categoria vai para as casas com piscina, que registam uma subida de 472% em número de pesquisas por anúncio e 400% em número de visitantes únicos por anúncio, aponta a OLX.

OFERTA E PREÇOS

Do lado da oferta, a categoria regista um aumento de 85% em novos anúncios e 27% em anúncios activos desde que começaram a ser levantadas as restrições imposta pelo Governo.

Já no que respeita à variação de preço, e na comparação dos dados referentes ao período que vai de Janeiro a Maio de 2020 com o mesmo período do ano anterior, verifica-se uma subida dos valores na maioria das regiões do país. Viana do Castelo (+13%), Aveiro (+9%) e Braga (+7%) são os distritos que mais se destacam.

O estudo, baseado em dados disponíveis na plataforma, no qual analisa a evolução da procura (contactos feitos a anúncios), oferta (anúncios novos e activos) e variação de preço sua categoria de casas, nos primeiros cinco meses de 2020 (até dia 22 de Maio) e comparam-nos com o mesmo período de 2019.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.