REGIÃO

REGIÃO -

SEF detecta cidadãos procurados pela justiça nas fronteiras do Alto Minho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detectou, nos últimos dias, 15 medidas cautelares contra cidadãos numa fronteira aérea e nos diversos pontos de passagem terrestre autorizados durante o estado de emergência. Entre as medidas, estavam pessoas procuradas no âmbito de processos judiciais.

Em comunicado, o SEF adianta que, no âmbito do controlo de cidadãos nas fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha, detectou, nos últimos dias, 14 medidas cautelares nos pontos de passagem autorizados (PPA) de Valença, Quintanilha, Vila Verde da Raia, Vila Verde de Ficalho, Vilar Formoso e Castro Marim.

PUBLICIDADE

No aeroporto de Lisboa foi também interceptado um cidadão estrangeiro sobre o qual pendia uma medida cautelar, neste caso era uma pessoa procurada no âmbito de um processo judicial.

Nos diversos PPA os inspectores do SEF detectaram medidas cautelares com pedido de paradeiro policial, um alerta sobre uma possível tentativa de entrada em Portugal de quatro cidadãos estrangeiros que já tinham tentado entrar, para documentos de identificação e contra pessoas que eram procuradas no âmbito de processos judiciais sem, no entanto, divulgar o seu número.

Foi interceptado um cidadão sob o qual pendia um mandado de captura para cumprimento de pena por tráfico de droga, tendo sido conduzido ao estabelecimento prisional de Vila Real.

A nota refere que a detecção de medidas cautelares faz-se através do sistema móvel de controlo de fronteira, o SEF Mobile, que permite aos inspectores, de forma rápida e segura, fazerem consultas a diferentes bases de dados.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS