JUSTIÇA

JUSTIÇA -

Sócrates vai ser julgado por branqueamento de capitais e falsificação de documento

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O ex-Primeiro-Ministro José Sócrates foi pronunciado por três crimes de branqueamento de capitais e outros três de falsificação de documento, no âmbito da Operação Marquês, anunciou o juiz de instrução Ivo Rosa.

Em causa estão verbas de 1,72 milhões de euros entregues pelo empresário e alegado testa-de-ferro, Carlos Santos Silva, ao antigo governante.

PUBLICIDADE

Serão ambos julgados por seis crimes.

As acusações de corrupção passiva de titular de cargo político caíram.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS