VILA VERDE

VILA VERDE -

Trabalhadores da Misericórdia de Vila Verde reivindicam aumentos salariais

Dezenas de trabalhadores da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde aderiram, esta segunda-feira, a uma jornada de greve e de protesto, em que reclamam aumentos salariais e melhores condições de trabalho.

O protesto foi convocado pelo Sindicato de Hotelaria do Norte, que acusa a Misericórdia de Vila Verde de “discriminar salarial e sindicalmente os trabalhadores”, exigindo o “cumprimento do contrato colectivo de trabalho (CCT) em vigor e o respeito pelos direitos dos trabalhadores”.

“A empresa devia ter aplicado o CCT celebrado com a CNIS com efeitos a Novembro de 2022, mas não cumpriu”, acusa.

A Misericórdia nega as acusações, garantindo que “nunca fez nem fará discriminação salarial e sindical”.

“A SCMVV sempre cumpriu os Contratos Coletivos de Trabalho (CCT) aplicáveis, sempre reconheceu, e continuará a reconhecer a dedicação e profissionalismos de todos os seus colaboradores e sempre procurou atender às solicitações dos diversos grupos profissionais, muitas vezes pondo em risco a boa gestão financeira da instituição, que como todos sabem, não trabalha em prol de lucro”, refere a instituição.

Partilhe este artigo no Facebook
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE