JUSTIÇA –
Tribunal condena Correio da Manhã a indemnizar ex-Ministro Miguel Macedo

A empresa Cofina, que detém o jornal Correio da Manhã e a CMTV, foi condenada pelo Tribunal Cível de Lisboa a pagar 55 mil euros de indemnização ao ex-Ministro da Administração Interna Miguel Macedo.

Segundo noticia o JN, o juiz deu como provada uma «conduta gravosa» dos dois órgãos de comunicação para com Miguel Macedo no tratamento de notícias que se prendiam com o caso dos vistos Gold e do concurso para a contratação de helicópteros para combate a incêndios.

PUBLICIDADE

Em ambos, Macedo foi ilibado.

O juiz anota a «especial responsabilidade» da CMTV, a quem impôs uma indemnização de 40 mil euros, e a notícia falsa segundo a qual o ex-governante teria sido detido (15 mil euros).

O Tribunal – acrescenta o Jornal de Notícias – diz que a notícia da detenção devia ter sido desmentida, com «uma retratacção».

Critica ainda a divulgação pelos dois órgãos da gravação do depoimento de Macedo no Ministério Público, o que é proibido pelo Código de Processo Penal, no caso dos vistos Gold, onde acabou absolvido.