DESTAQUE (Braga)

DESTAQUE (Braga) -

Cantora bracarense Paulina Sá Machado conquista ‘prémio José Augusto Alegria’

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A soprano Bracarense Paulina Macedo Ferreira de Sá Machado, com raízes que a ligam à Vila de Prado, venceu a 8ª edição do Prémio José Augusto Alegria, realizada nos dias 28, 29 e 30 de julho de 2023 no Teatro Garcia de Resende, em Évora. Organizado pela Associação Eborae Mvsica, este ano estivera em prova as modalidades de Canto e Flauta Transversal.


Segundo a organização, «o Concurso tem como referência e patrono o Cónego Dr. José Augusto Alegria, que nos legou uma importante Obra Musical centrada no estudo e investigação das várias vertentes da “Escola de Música da Sé de Évora”, séculos XVI e XVII».

Ainda nota da mesma fonte, «os objectivos são o estímulo ao estudo da Música e à elevação dos níveis de desempenho, o desenvolvimento do gosto pela Música, a promoção de intercâmbio de aprendizagens e homenagear e dar a conhecer o patrono do prémio, Cónego José Augusto Alegria».

O Júri do Concurso foi presidido por Benoît Gibson e teve como vogais Liliana Bizineche e Sandra Medeiros na modalidade de Canto, Monika Streitová e António Rosado na modalidade de Flauta Transversal. Yan Mikirtumov foi o pianista acompanhador.

Os vencedores do concurso apresentaram-se no Concerto de Laureados, no dia 30 de julho, domingo, às 21h00, no Teatro Garcia Resende, momento também de homenagem a José Augusto Alegria, com uma prestação de grande qualidade e agrado do público.

Os Laureados foram: Canto: Menção Honrosa – Laura Ferreira Pimenta, Prémio Melhor Interpretação de Canção Portuguesa – Dinis André Cordeiro Rodrigues, 3º Prémio – Margarida Antunes Dias Alfaiate Simões, 2º Prémio – Maria Raquel Fernandes Mendes e 1º Prémio – Paulina Macedo Ferreira de Sá Machado.

Esta iniciativa foi realizada em parceria com a Câmara Municipal de Évora, CENDREV e Universidade de Évora. Estrutura financiada pelo Ministério da Cultura (Direcção Geral das Artes) a iniciativa teve outros apoios entre os quais o Cabido da Sé de Évora, a DGESTE (DSRA), Jalmúsica, Diário do Sul, A Defesa, Antena 2, O Registo e Rádio Diana.

Paulina Macedo Ferreira de Sá Machado

Natural de Braga, iniciou os seus estudos no Conservatório Calouste Gulbenkian de Braga. Em 2020 concluiu o Mestrado na Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco na classe das professoras Elisabete Matos e Dora Rodrigues, com quem trabalha regularmente. Realizou masterclasses com Mariella Devia, Sonia Prina, Enza Ferrari, Saioa Hernandez, Francesco Pio Galasso, Christian Hilz, Susanne Rydén e Olga Prats.

Tem colaborado com diversos ensembles e orquestras: Moços do Coro e Cupertinos, Divino Sospiro, Orquestra Clássica do Sul, Sinfonietta de Braga, Orquestra de Guimarães e Orquestra de Cordas Dedilhadas do Minho e realizado recitais com músicos como: Miguel Jalôto (cravo) João Paulo Santos (piano), Jill Lawson (piano).
Em 2022 estrou-se no papel de Cleopatra da ópera “Giulio Cesare in Egitto” com a Händel Opera Academy – Polónia.

Em 2016 obteve o 2º lugar no “17º Concurso da Cidade do Fundão”; Em 2019 o prémio “Concert im RadioKulturhaus in Vienna”, atribuído pela Austria Barock Akademie, em 2020, o 2º lugar e Prémio de Melhor Interpretação de Canção Portuguesa no Concurso Internacional da Cidade de Almada, em 2021 foi semifinalista no VIII Concurso Internacional de Canto Alfredo Kraus e obteve o 3º prémio no Concurso Prémio Jovens Músicos.

ovilaverdense@gmail.com

Com Emílio Costa / Jornal ‘O Vilaverdense’

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.