BRAGA

BRAGA -

Desperdício alimentar. App Phenix chega a Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Phenix, marca europeia de combate ao desperdício, reforça a sua presença em Portugal, com a entrada de Braga na sua aplicação contra o desperdício. A partir de agora, já é possível adquirir cabazes de excedentes alimentares de cerca de 20 estabelecimentos na cidade, a um preço reduzido, evitando assim que acabem no lixo.

O variado leque de parceiros em Braga inclui restaurantes, pastelarias, padarias, mercearias e frutarias, como a icónica pastelaria Bom Jesus, os restaurantes vegetarianos Shanti e UniVegetariano, ou as conhecidas lojas do grupo nortenho Celeste. Os cabazes estão disponíveis com descontos na ordem dos 60 a 70% relativamente aos seus preços normais.

PUBLICIDADE

Lançada no final de 2019, a aplicação contra o desperdício estava, até aqui, disponível em Lisboa e no Porto. Frederico Venâncio, director-Geral da Phenix Portugal, explica que “o alargamento a outras cidades do nosso país é um dos pilares da nossa estratégia de crescimento e Braga estava, sem dúvida, na nossa lista de prioridades. A boa receptividade por parte dos parceiros locais permitiu-nos concretizar este objectivo e estamos muito satisfeitos por podermos convidar os bracarenses a juntarem-se à Phenix no combate ao desperdício”.

Braga era já um “ponto estratégico” na missão da Phenix, que colabora actualmente com grandes superfícies comerciais da região, para converter os seus excedentes em doações a instituições de solidariedade social que apoiam famílias carenciadas.

Frederico Venâncio acrescenta que “a operação da Phenix em Braga, ao nível das doações de excedentes, tem tido um impacto muito positivo e alargá-la a outro tipo de estabelecimentos comerciais e à comunidade em geral era, naturalmente, o próximo passo”.

Presente em Portugal desde 2016, a Phenix, através da sua aplicação móvel e do seu programa de doações a IPSSs, já evitou o desperdício de mais de 10,2 milhões de refeições e mais de 785 toneladas de produtos não alimentares, evitando assim que fossem emitidas mais de 14 mil toneladas de CO2 para a atmosfera.

Até ao final do ano, a empresa prevê vir a duplicar estes números, com a entrada, a curto-prazo, em mais cidades portuguesas e o reforço da sua operação nos locais em que já está presente.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.