Salvador Sousa, autor em O Vilaverdense

OPINIÃO -
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (36): Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

O Cónego José Galamba de Oliveira, um dos escritores mais famosos da história de Fátima e com grandes ligações, mesmo familiares, a esta localidade, teve um percurso dedicado à cultura, como jornalista, educador, escritor, dinamizador social…. Em 1909, ainda com cinco anos, veio com familiares, num carro puxado por uma muar, a Fátima despedir-se de … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (36): Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

OPINIÃO -
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (35). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

No decorrer das aparições muitos fenómenos aconteceram que perturbaram muitas mentes, pois não era fácil acreditar, de imediato nos relatos daquelas humildes criancinhas, não sendo fácil apurar a verdade, mas a condução do processo partiu do Divino, como afirmou, em outubro de 1942, o cardeal Cerejeira: «Não foi a Igreja que impôs Fátima, mas foi … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (35). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

OPINIÃO -
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (34). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

Vimos na crónica anterior, que, da parte dos pais dos pastorinhos, tudo foi desenvolvido no sentido da procura da verdade. Agora vou falar do caráter, da personalidade destas crianças que foram as principais protagonistas daqueles tão divinais acontecimentos, tendo em conta a contemporaneidade dos autores da obra que partilho convosco. Investigaram, entrevistaram pessoas, colegas dos … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (34). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

OPINIÃO -
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (33). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

Tudo o que aconteceu em Fátima não foi obra do acaso, nem foi inventado pelos videntes, nem tão pouco pelos seus pais, familiares ou amigos, mas sim gradualmente presenciado à medida que Nossa Senhora se revelava àquelas crianças de tenra idade. Inicialmente, como já disse e toda a gente sabe, os pastorinhos sofreram, foram, várias … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (33). Os lugares e as pessoas são as verdadeiras fontes da verdade

OPINIÃO –
A indisciplina e a falta de regras são fatores destruidores da educação (2)

 Vou continuar a escrever sobre este assunto, pois é altura de reagirmos perante tanta falta de respeito que há nas nossas escolas, tanta falta de interesse pelo estudo, tanta falta de interesse pelas regras estabelecidas, tanta falta de iniciativas, nesta matéria, dos nossos governantes, dos responsáveis pela política da educação, enfim, um enorme problema que … Ler maisOPINIÃO –
A indisciplina e a falta de regras são fatores destruidores da educação (2)

OPINIÃO -
A indisciplina e a falta de regras são fatores destruidores da educação

Sou professor aposentado, mas continuo muito atento a tudo aquilo que acontece nas nossas escolas ao longo do país, pois transtorna-me e fico muito entristecido quando algo de menos correto, na minha opinião, se passa nestes ambientes educativos e que é preciso pôr um ponto final para que não percamos o que de bom ainda … Ler maisOPINIÃO –
A indisciplina e a falta de regras são fatores destruidores da educação

OPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (20) – Nossa Senhora no coração dos literatos

As correntes do racionalismo e do iluminismo foram bastante demolidoras para a doutrina da Igreja, embora a maioria dos pensadores manteve-se fiel a Deus e a Santa Maria de Portugal e nem a doutrina das invasões francesas conseguiu apagar o seu nome. Descartes (1596-1650), por exemplo, um dos primeiros racionalistas famosos da Idade Moderna, com … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (20) – Nossa Senhora no coração dos literatos

OPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (19)

Autor: Salvador de Sousa O Padre António Vieira (1608-1697), jesuíta, admirável prosador e ilustre orador religioso, defensor de causas nobres, de espírito combativo, criticando a escravatura, os exageros da Inquisição, mormente em relação à defesa dos judeus, não temendo o discurso arriscado da época, sendo, por isso, condenado pelo Tribunal do Santo Ofício, mas, mais … Ler maisOPINIÃO –
Fátima, sempre foi, já é e será sempre mais (19)